Associação de Guardas quer incorporar horas extras

0

Adelson Lima, presidente da Associação dos Guarads Municipais (Foto: Portal Infonet)

A Associação dos Guardas Municipais de Aracaju está elaborando um documento para entregar à superintendente Municipal de Defesa Social e Cidadania, Georlize Teles. O objetivo é tentar sensibilizar a secretária para que envie projeto à Câmara Municipal de Aracaju, incorporando horas extras e Plano de Cargos e Salários à gratificação chamada GM1.

“O Sindicato dos Guardas Municipais fez um projeto para que a gente passe a receber a GM1, mas nós estamos lutando para que haja a incorporação de horas extras e do Plano de Cargos e Salários. Com isso, chegaríamos à GM3 e não teríamos os vencimentos estacionados”, entende o presidente da Associação Municipal dos Guardas Municipais, Adelson Lima Santos.

Ele lembrou que os guardas que estão prestes a se aposentar também seriam beneficiados. “Sem os salários estacionados, poderíamos ter aposentadorias melhores a exemplo do que acontece na Polícia Militar de Sergipe. Esperamos contar com a compreensão da superintendente, que é uma pessoa sensível. Já entregamos um requerimento e agora estamos preparando um projeto”, afirma acrescentando que são cerca de 100 guardas municipais na expectativa.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais