Associação de Militares pede apuração sobre caso Infonet

0

(Foto: Reprodução)

A Amese (Associação dos Militares do Estado de Sergipe), vem, através do seu presidente Sargento Vieira, emitir nota de solidariedade aos profissionais do Portal Infonet, os quais no último dia 03, no município de Salgado, foram ameaçados e tolhidos do seu mister de melhor informar a sociedade.

É inadmissível que em pleno século XXI, profissionais da imprensa sejam impedidos de trabalhar, chegando ao ponto de danificarem seus materiais de trabalho (câmera e celulares), sem contar ainda todo o abalo psicológico sofrido, principalmente por parte de dois policiais civis que tinham o dever de zelar pela segurança dos cidadãos e não ameaçar pessoas que estão trabalhando dignamente.

A Amese espera que o fato seja devidamente apurado, não só no âmbito da SSP, mas também pelo Ministério Público Estadual, através da sua Curadoria do Controle Externo da Atividade Policial, e os culpados devidamente punidos para que outros fatos desta natureza não tornem a ocorrer, pois entendemos que uma sociedade livre e democrática, também se faz com uma imprensa livre e democrática", Jorge Viera da Cruz, Presidente da Amese.

Fonte: Amese

Comentários