Atingidos pela seca receberão alimentos

0

Seca assola 15 municípios sergipanos /
A Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) definiu na última sexta-feira, 3, a estratégia de distribuição de cestas básicas para vítimas da seca e alimento para o rebanho das áreas atingidas pela estiagem  em Sergipe. O cronograma estabelecido prevê que no período de 6 a 17 de abril será feita a distribuição de cestas básicas. Já a distribuição alimento para os animais será de 20 a 24 de abril.

Em virtude da falta de chuvas, o estado de Sergipe teve declarada situação de emergência em 15 municípios sergipanos, dentre os quais Poço Redondo, Poço Verde, Monte Alegre, Canindé do São Francisco, Gararu, Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória, no Território do Alto Sertão Sergipano; Feira Nova, no Território do Médio Sertão; Carira, Pinhão e São Miguel do Aleixo no Território do Agreste Central.

Para a distribuição, o Governo de Sergipe contará com o apoio do 28º Batalhão de Caçadores. “Nós vamos trabalhar com a mesma sistemática que usamos para a distribuição de água”, informou o capitão Cardoso, da assessoria de comunicação do 28º BC. A Defesa Civil vai coordenar a operação de transporte, de distribuição, e garantir que as famílias recebam as cestas de alimentos. 

Haverá ainda a distribuição de milho para 367 pequenos produtores nos municípios de Gararu, Porto da Folha, Itabi, Nossa Senhora de Lourdes, Canindé e Poço Redondo. “Em função da quantidade limitada do produto, nós vamos concentrar a distribuição, nos próximos trinta dias, nos seis municípios que fazem parte do Programa do Leite, que atende a agricultura familiar”, disse Jefferson Feitoza, presidente da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro).

Com informações da ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais