Atropelamento: condutora e companheiro serão indiciados

0
Delegado Ademir Melo (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

O delegado Ademir Melo, coordenador da 5ª Delegacia Metropolitana, apresentou nesta quarta-feira, 12, o resultado do inquérito referente ao atropelamento de Janete Barreto, ocorrido nas proximidades do Hospital José Franco, em Nossa Senhora do Socorro, no dia 22 de dezembro de 2013.

Segundo o delegado, as investigações foram concluídas após diversas testemunhas serem ouvidas. “O inquérito já foi enviado à justiça. A condutora do veículo, Michele Lopes de Miranda, será indiciada por três crimes: lesão corporal, omissão e fuga do local do acidente, e por dirigir o veículo embriagada. Já o companheiro dela, responderá por omissão e fuga do local do acidente, e por entregar veículo para uma pessoa desabilitada”, afirma.

Ademir explica que em caso de condenação, Michele deve pegar até sete anos de prisão. Já o seu companheiro pode ser condenado até três anos de reclusão.

Entenda o caso

No dia 22 de dezembro, Janete Barreto sofreu um acidente sério que acabou deixando-a em estado grave de saúde. Um carro desgovernado, tipo Veloster de cor preta, teria atropelado Janete Barreto, 49 anos, que estava sentada em um ponto de ônibus situado nas proximidades do Hospital José Franco no município de Nossa Senhora do Socorro.

Janete teve alta da UTI do Huse no dia 27 de janeiro de 2014 e teve uma das pernas amputada, está reagindo bem e vem recebendo atendimento de uma equipe multidisciplinar, que inclui assistência psicológica e atendimento especializado de ortopedista, fisioterapeuta, vascular com atenção de enfermeiros e auxiliares.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais