Audiência discute situação de famílias que podem ser despejadas

0

Ordem judicial pede a desocupação da área em até 30 dias (Foto: Arquivo Infonet)
Está marcada para às 14h desta quinta-feira, 11, uma audiência pública com a finalidade de discutir a situação dos moradores de uma área localizada nas proximidades do mangue Riacho do Cabral [Conjunto Jardim Centenário]. São cerca de 1.200 famílias que devem desocupar o local em virtude de uma ordem judicial por conta de uma ação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão da Secretaria do Patrimônio da União em Sergipe.

De acordo com o presidente da Associação dos Moradores Pró-Melhoria e Defesa do Conjunto Bugio, José Aragão Barroso, as famílias foram surpreendidas com o documento no último dia 29 de outubro. “O documento dá um prazo de 10 dias para que os moradores recorram e 30 dias para a desocupação das casas”, diz lembrando que as famílias residem há cerca de 10 anos.

A audiência pública será realizada a partir das 14h30 no auditório da Justiça Federal, devendo contar com representantes da Prefeitura de Aracaju, dos moradores, do Ministério Público Federal e da Procuradoria da União no Estado de Sergipe.

Por Aldaci de Souza

Comentários