Aumento no preço dos remédios

0

O salário não tem jeito de aumentar – a insensibilidade do governo Fernando Henrique, neste aspecto, beira a paranóia – mas as coisas não deixam de aumentar. Este mês de julho a gasolina deverá sofrer reajuste, mas antes que isso aconteça, os remédios nas farmácias já estão mais caros.

Alguns produtos receberam reajuste de 67,39%, como o ácido acetilsalicilico, , que agora custa quase R$ 1,60. O Mebutol está 52% mais caro, e o Clorpropamida, 33, 18%. No total, o governo autorizou aumentos para 1.075 medicamentos. Até a Associação da Indústria Farmacêutica espantou-se com a benevolência do governo. O povo, este, só tem mesmo que lamentar.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais