Autores de crime contra idoso voltam ao banco dos réus

0
Um dos acusados confessou o crime (Foto: Arquivo Infonet)

No dia 21 de fevereiro às 09h, será dada a continuidade da audiência de instrução criminal dos irmãos José Genivaldo de Oliveira, José Gileno de Oliveira e Josué de Oliveira, acusados de assassinar o idoso Antônio Santos, 80 anos, morto por um tiro em 14 de abril de 2013 no povoado Cruz das Graças, município de Nossa Senhora Aparecida.

Durante a primeira audiência de instrução e julgamento realizada na última quinta-feira, dia 23 de janeiro, no Fórum local do município de Ribeirópolis, e presidida pela Juíza de Direito, Dra.Taiane Danusa Gusmão Barroso Sande, compareceram à audiência os réus, juntamente com o seu advogado e o assistente de acusação.

Em um primeiro momento houve a oitiva das testemunhas arroladas pela acusação e em seguida foram oitivadas as testemunhas de defesa.

Entenda

A vítima foi morta com tiro de espingarda motivada por uma briga envolvendo som alto. Segundo a polícia, o filho do acusado de ter atirado, estaria ouvindo música e o idoso teria pedido para que o barulho fosse amenizado. Devido ao desentendimento, o pai do rapaz, José Genilvaldo de Oliveira, 49 anos, assassinou o idoso com tiro de espingarda.

No momento da apresentação, à imprensa, José Ginaldo admitiu ter assassinado o idoso e disse que agiu de “cabeça quente”. “ele bateu em meu menino e por isso reagi. Meus irmãos não participaram do crime, eles estavam tentando me parar”, disse o acusado.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais