Autores de vandalismo praticado no Sinhazinha são identificados

0

A Prefeitura de Aracaju informou nesta quinta-feira, 19, que conseguiu identificar os jovens que foram flagrados pichando a Unidade Básica de Saúde Sinhazinha. A ocorrência registrada pelas câmeras do monitoramento eletrônico, no do dia 11 de dezembro, serviram como base para as investigações. Os três participantes foram identificados e arcarão com os danos causados ao patrimônio público.

Segundo o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, através das imagens, o delegado Dr. Everton Santos, da 1ª Delegacia da capital, identificou dois dos envolvidos. “Um deles já prestou o termo circunstanciado e vai arcar com o dano para que não seja processado, como está prescrito no Código Penal”, salientou.

As imagens coletadas mostram o carro parado em frente a UBS. O condutor, que trabalha por meio de uma rede de transporte por aplicativo, prestou esclarecimentos, informando que não fazia parte do grupo.  Dois dos passageiros desceram do veículo, sendo que um deles vigiava a ação enquanto o outro pichava as paredes do prédio  recém- reformado.

Ainda segundo o secretário, as equipes do serviço de inteligência da Semdec e da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) contribuíram com  a busca para identificação do proprietário do veículo. “Chegamos ao veículo e identificamos o proprietário, o que contribuiu para a elucidação do crime”, indicou o secretário.

O ato de vandalismo contra o patrimônio público ou privado é considerado crime, previsto no Código Penal Brasileiro, Art. 163, podendo resultar em multa e até detenção de seis meses a um ano.  Por isso, o secretário deixa um alerta. “ Para os jovens que acham que isso é uma brincadeira ou diversão, sai caro e é algo feio, pois é patrimônio público e se é patrimônio público é de todos nós. Temos que zelar por ele”, pontuou Luís Fernando Almeida.

Vigilância eletrônica 

De agosto de 2018 até novembro de 2019,  1.812 câmeras foram instaladas, tendo evitado 111 furtos, incluído invasões frustradas e furtos com prisão em flagrante, totalizando 11 detidos.

O secretário da Defesa Social enfatiza que as equipes estão vigilantes e todos os atos ilícitos em prédios municipais são intensamente combatidos. “Nós estamos vigilantes. Estamos com câmeras em todas as unidades de saúde, na maioria das escolas do município e estamos instalando, também, nos CRAS e nas secretarias”, indicou.

As ações dizem respeito não apenas aos atos de vandalismo mas também outros crimes, como as tentativas de furtos. “Com a vigilância eletrônica esses atos tem sido evitados, reduzindo sensivelmente, a partir da redução do tempo- resposta, com a ação da GMA, de modo que essas pessoas devem pensar duas vezes antes de fazer esse tipo de coisa, que além de ser feia é crime e sujeito as punições”, ressaltou o gestor, finalizando com um elogio às equipas da GMA e da Secretaria da Defesa Social envolvidas no trabalho de inteligência.

Fonte: PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais