Avó sofre com neta viciada

0

A avó diz que não sabe quem procurar Foto: Portal Infonet
O caso da adolescente T.M. S, de 15 anos, está longe de ser solucionado. A adolescente que teria presenciado o assassinato da irmã e estaria recebendo ameaças por parte dos bandidos é usuária de crack e apresenta um comportamento agressivo.

De acordo com a avó de T.M. S, o comportamento agressivo da neta é provocado pelo uso de drogas. “Ela é viciada e acho que fica irritada porque não está usando a droga. Não sei o que fazer porque não temos a quem recorrer. Quero um tratamento para a minha neta para que ela não tenha o mesmo fim da irmã”, desabafa.

De acordo com o delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Sérgio Ricardo, a adolescente deveria ser acolhida por um órgão de proteção. “Sinto muito pela avó dessa garota, porque ela gostaria de ter um tratamento para a neta, mas a delegacia não pode custodiar uma adolescente, não é da nossa competência”, lamenta.

O delegado esclarece que as informações prestadas pela adolescente sobre a morte da irmã não esclarecem o caso. Sérgio Ricardo lembra que o principal acusado de ter cometido o crime continua foragido.

Crime

A morte da E.M.S, 14 anos, encontrada sem vida no dia 21 de março desse ano foi noticiada pelo Portal Infonet. Na época da morte da irmã a adolescente T.M. S, de 15 anos, estava desaparecida.

Por Kátia Susanna

Comentários