Baleia encalha e morre na praia do Mosqueiro

0

Baleia encalhou no início da tarde
Uma baleia medindo aproximadamente sete metros de comprimento encalhou na praia do Mosqueiro nesta quarta-feira, 25. Populares e técnicos do Instituto dos Mamíferos Aquáticos (IMA) ainda tentaram levar o animal de volta ao mar, mas não obtiveram sucesso e a baleia, uma fêmea adulta da família da Jubarte, veio a óbito por volta das 15h.

“Nosso cuidado era para trazê-la até a parte mais rasa da praia e evitar que a correnteza a levasse para as pedras. Mas nessa tentativa ela vaio a óbito”, informa o coordenador do IMA em Sergipe, Adolfo Hubner. Para tentar mover o animal, que pesa de três a quatro toneladas, foi preciso a força de 12 pessoas.

Adolfo Hubner e a equipe do IMA monitoraram o animal
Adolfo conta que por algum motivo desconhecido o animal estava muito desorientado e fraco. Segundo ele, há fortes sinais de desnutrição e desidratação. “Pelo estado que a encontramos, ela está sem se alimentar há muito tempo”, declara.

A causa da morte, no entanto, só será apontada após a necropsia, mas ele adianta que há duas possibilidades: infecção ou ingestão de algum objeto estranho que possa ter causado um distúrbio gastrointestinal.

“Até mesmo um saco plástico, que o animal ingere achando que é alimento pode causar um dano irreversível”, ressalta o biólogo. Ele alerta que todo o lixo que é jogado no mar é um grande perigo para os animais marinhos, até mesmo uma tampinha de plástico.

De acordo com o coordenador do IMA, o animal só será removido do local na manhã desta quinta-feira, 26, com a ajuda de uma retro-escavadeira e posteriormente será feita a necropsia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais