Banco de ponto de ônibus cede e incomoda passageiros

0

O banco do ponto desabou na última segunda (Fotos: Portal Infonet)

Segundo o motoboy Nivaldo Pereira, havia pessoas no local quando parte do banco do ponto cedeu.

Wilton de Jesus Santos também reclama da situação.

Os passageiros agora não tem onde sentar para esperar os ônibus.

A situação de um ponto de ônibus localizado na Avenida Engenheiro Gentil Tavares, nas proximidades da Central de Abastecimento de Sergipe (Ceasa), em Aracaju, têm incomodado usuários do transporte público. Visivelmente deteriorado, o banco do ponto cedeu e agora os passageiros não dispõem de local adequado para sentar.

De acordo com o motoboy Nivaldo Pereira, que frequenta o local todos os dias, haviam pessoas no local quando parte do banco do ponto cedeu. Segundo ele, o fato ocorreu na última segunda-feira, 13. “É uma situação triste. Ninguém quer sentar do outro lado do banco porque ele também pode ceder”, afirma.

Para a estudante Ellen Dória, esta é uma situação que incomoda a todos que utilizam o ponto de ônibus. “A maioria das pessoas trabalha o dia inteiro em pé e quando chega no ponto não tem onde sentar, é complicado”, declara ela,  acrescentando que o ponto também não ajuda quando chove muito, por ser todo aberto.

A opinião da estudante também é compartilhada por Wilton de Jesus Santos. “É horrível. Era para ser um abrigo, mas não abriga ninguém”, acredita.

SMTT

A assessoria de Comunicação da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informou que uma equipe técnica estará no local nesta sexta-feira, para averiguar o problema.

Por Yago de Andrade e Raquel Almeida

Comentários