Banheiros químicos são retirados de barracas na Aruana

0
Quiosques da Aruana estão sem Banheiro (Fotos: Portal Infonet)

Os banhistas e barraqueiros não podem mais contar com os banheiros químicos que ficavam localizados nas proximidades dos quiosques padronizados da praia da Aruanda. Na manhã desta terça-feira, 21, os banheiros foram retirados pela Prefeitura. As cabines eram alugadas e o órgão público deixou de arcar com o aluguel.

A banhista Leide dos Santos reclamou da situação. “Se as pessoas já não são educadas com banheiro imagine agora que não haverá mais?”, observou.

Já o proprietário de um dos quiosques, Carlos Roberto, a situação vai atingir diretamente aos comerciantes. “O movimento já está baixo, imagine agora sem os banheiros”, diz.

Josiel dos Santos está também preocupado com o movimento em seu quiosque. “Nós vamos nos reunir para discutir a melhor forma de não perdermos com essa decisão da prefeitura. Eles retiram os banheiros, mas não pensaram se isso iria nos prejudicar. Onde as pessoas farão suas necessidades fisiológicas?”, pergunta.

Josiel dos Santos: "Agora  é que o movimento  vai cair"

Emsurb

Em nota, a assessoria de Comunicação da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) esclarece que a retirada dos banheiros foi motivada pela corte de gastos. Segundo a assessoria, o pagamento pelo aluguel dos banheiros químicos foge das atribuições da Emsurb, que são ligadas a organização e limpeza de espaços públicos.

Ainda de acordo com a nota, a partir de agora, se desejarem, os permissionários devem se responsabilizar pela manutenção do contrato com a empresa proprietária dos banheiros químicos ou adquirir seus próprios banheiros químicos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais