Bares da Sarney devem se adequar até 30/11

0

Diversos proprietários de bares estiveram presentes (Fotos: Portal Infonet)
Uma reunião na tarde desta quinta-feira, 23, na Advocacia Geral da União (AGU) discutiu a situação de 51 bares construídos na região da praia José Sarney que estão em área de preservação ambiental da União. O objetivo do encontro foi para acompanhar o andamento da regularização dos bares do projeto ‘Orla Legal’. O prazo para os proprietários atenderem as exigências é até o dia 30 de novembro.

Na ocasião o advogado da União José Ricardo Britto Seixas disse que esse é um projeto único no Brasil, que procura estabelecer as premissas que evitem o menor dano possível ao meio ambiente.

“Havia um procedimento instaurado pela AGU em parceria com vários órgãos. Nós estamos acompanhando o processo e firmamos um compromisso hoje para demolir tudo que está construído em areia. Os bares vão ter um prazo de 60 dias para se adequar e para ter o abastecimento de água regularizado pela Deso. No que tange a questão sanitária, estamos caminhando rapidamente”,

Ricardo Britto Seixas disse que o projeto de adequação é inovador
contou Ricardo Britto.

Segundo o presidente da Associação dos Donos de Bares da Sarney, Alberto Campos Guimarães, o prazo para adequação razoável. “Os órgãos responsáveis pela regularização dos bares nos concederam prazos para dar entrada em vários órgãos ambientais e para atender o mais rápido possível as exigências. Já houve um pedido anterior para adequação, começamos a regularizar alguns bares, mas ainda faltam algumas pendências e nos foi dada essa data e vamos atender”, diz.

Por Bruno Antunes

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais