Barra de direção quebra e topic cai em barranco

0
Ônibus cai em barranco e passageira fica ferida (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

Um micro-ônibus da Cooperativa de Transporte de Passageiros de Aracaju (Coopetaju) quebrou a barra de direção e o veículo, sem controle, caiu em um barranco, deixando um passageiro ferido. O acidente foi registrado por volta das 7h desta sexta-feira, 19, na BR 101, em um trecho entre os municípios de Maruim e Santo Amaro das Brotas.

O ônibus saiu de Carmópolis por volta das 6h30 transportando cerca de 15 passageiros que tinha Aracaju como destino final, onde deveria chegar às 7h30. A única passageira ferida recebeu atendimento médico da equipe do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e passa bem, segundo informações de policiais rodoviários federais e do próprio condutor do veículo, Gilvan de Oliveira, que saiu ileso. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prestou atendimento e, à primeira vista, considerou como acidente provocado por suposto problema mecânico do veículo. Mas o motorista Gilvan de Oliveira, proprietário do micro-ônibus e condutor do veículo, responsabiliza o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), alegando que, assim como muitos, aquele trecho há depressão e buracos na pista que atrapalham o tráfego de veículos.

“A gente paga tantos impostos e muito caro para o Governo não fazer a manutenção das pistas. A responsabilidade é toda do Governo Federal e do DNIT por não fazer a manutenção da pista”, reclamou o motorista. Ele garante que a barra de direção do veículo quebrou depois que ele passou em uma depressão e, em seguida, em um buraco cujo impacto teria provocado o defeito na parte mecânica do carro.

Gilvan: processo contra o DNIT

O veículo caiu em um barranco e não causou maiores transtornos na pista. A PRF fez os levantamentos e o próprio motorista adotou as medidas para guinchar o veículo. “Agora vou levar diretamente para a oficina. O prejuízo aí é grande, acho que uns dez mil reais”, revelou. Ele recebeu apoio da equipe da Coopetaju e promete ingressar com ação judicial contra o DNIT.

O Portal Infonet tentou ouvir o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, mas não obteve êxito. A assessoria de imprensa se comprometeu em encaminhar uma resposta, mas até o momento não se manifestou. O Portal permanece à disposição. Informações devem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 8000 Whatsapp (079) 98015059.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais