BB decide prorrogar concurso de 2007

0

José Souza, presidente Sindicato Bancários
O Banco do Brasil voltou atrás e decidiu prorrogar em Sergipe o concurso 2007/2 por mais dois anos, o qual continuará valendo até 2011, confirmando a luta dos concursados, com apoio do Sindicato dos Bancários. Nesta segunda-feira, 9, os concursados realizaram uma manifestação em frente à agência BB da Praça General Valadão. Em seguida, a categoria foi recebida em audiência solicitada à Superintendência do banco pela direção do Sindicato, que tem à frente o presidente José Souza.

A gerente regional da Área de Gestão de Pessoas da Bahia e Sergipe, Kátia Rodrigues, veio ao Estado especialmente para participar da audiência e foi a encarregada de dar a boa notícia. Também participaram da reunião o gerente de Administração da Superintendência do BB, Alcides Araújo, e a assessora jurídica Ana Luíza.

“Historicamente, o banco sempre renovou a validade dos concursos. Mas a diretoria em Brasília, responsável pelos concursos, obteve dados que justificam a não renovação. E o banco passou a não renovar mais. Porém, num desses contatos que acabei de fazer com Brasília, a gente recebeu uma boa informação de que esse concurso vai ser renovado”, informou a gerente.

O banco decidiu retirar Sergipe da lista dos Estados onde foram anunciados concursos para o segundo semestre deste ano. Um alento para os concursados que já estavam perdendo a esperança de serem convocados. É o caso de um dos aprovados que já é a quinta vez que é aprovado em concurso (BB duas vezes), que vence antes da sua convocação.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, Kátia Rodrigues informou que a prioridade de preenchimento das vagas continuará sendo para funcionários do banco que já tenham passado do primeiro ano probatório e queiram ser transferidos para cá, mesmo de outros Estados. Até agora o banco convocou 28 pessoas, sendo 23 para o interior (5 desistiram) e 5 (2 desistiram) para a capital e Grande Aracaju. Todas as vagas que surgiram no último ano foram preenchidas com remanejamentos internos, a maioria de outros Estados. Com isso o aprovado em sexto lugar continua ainda na lista de espera. Talvez isso tenha sensibilizado seus gestores.

O BB em Sergipe tem atualmente 560 funcionários. Nos últimos dois anos, saíram cerca de 100 pessoas, número que não foi reposto. “Há 11 meses o banco não chama ninguém da lista de aprovados. Com esse movimento a gente quer melhorar a atenção do banco com os concursados e também com a população de Sergipe, porque a Lei dos 15 Minutos não está sendo cumprida, justamente, pela falta de pessoal”, lamentou Souza, apesar de contente com a renovação do concurso.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais