BR começa a ser liberada com ação da Tropa de Choque

0
Moradores interditaram trecho da BR-101 provocando grande congestionamento (Fotos: Portal Infonet)

Equipe da Tropa de Choque da Polícia Militar utilizam gás lacrimogênio e conseguiram debelar a manifestação dos moradores do povoado Pau Ferro, em Maruim, que destruíram um trecho da BR 101, no município de Maruim. A manifestação causou transtornos devido ao congestionamento de aproximadamente 10 quilômetros. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) estiveram no local, tentaram negociar a desobstrução da pista e, como não conseguiram, acionaram a Tropa de Choque.

O protesto foi iniciado na noite da sexta-feira, 7, com o atropelamento da adolescente Susany Santos Paz, de 16 anos, que morreu no local do acidente. Muitos condutores tiveram que desviar a rota pegando um trecho da rodovia estadual que liga o município de Santo Amaro das Brotas a Aracaju. O motorista Francisco Horonato saiu do estado de Alagoas durante a madrugada e seguia com destino ao estado de Minas Gerais quando foi pego de surpresa pelo congestionamento.

Francisco Horonato pretendia chegar em Minas Gerais na tarde deste sábado, 8, mas a manifestação na pista o deixou sem previsão. “Poderia pegar outro trecho como muitos estão fazendo, mas o problema é que não conheço Aracaju e posso acabar me perdendo na cidade e demorando mais ainda a viagem”, explica Francisco.

Caminhoneiro conta que paralisação atrapalhou seu trajeto

O caminhoneiro Horácio Gomes também reclama do transtorno com o fechamento daquele trecho da BR-101. “Fiz um descarregamento de material escolar em Recife e estava retornando para São José do Rio Preto (SP) quando fui surpreendido com a interdição da pista. Espero que o problema seja solucionado o mais rápido possível porque se eu for retornar novamente por Alagoas vai ficar muito distante”, afirma.

A produtora cultural Kândida Gomes veio a Sergipe visitar amigos. Ela saiu de Alagoas, de ônibus, na noite da sexta-feira, 7, e só chegou em Aracaju na manhã deste sábado, 8, por volta das 8h30. Ela sairia de Maceió às 18h mas acabou não encontrando passagens e pegou o ônibus das 22h, que chegaria em Aracaju às 4h30 desta madrugada. "E ainda passamos pelo ônibus das 18 horas", disse a produta, em conversa com o Portal Infonet.

No entanto, ela só conseguiu chegar em Aracaju pela manhã porque, conforme explicou, o motorista, pela manhã, desviou o trajeto pela rodovia estadual passando por Santo Amaro das Brotas. A Polícia Rodoviária Federal informou que a pista está danificada, mas está liberada. O trânsito está fluindo, mas de forma bastante lenta.

O acidente

O comerciante Paulo Paz, pai da adolescente, está desolado. "Minha filha era muito aventureira", diz. Ele informou que ela teria saído do colégio, onde está matriculada no terceiro ano do ensino médio, e teria participado de uma reunião do grêmio estudantil. Ela desceu do transporte coletivo na pista, pouco antes das 22h, e seguia para o povoado Pau Ferro onde reside com a família. Mas acabou atropelada por um micro-ônibus, cujo motorista fugiu do local e abandonou o veículo próximo ao trevo do município de Itabaiana.

O pai acredita que a adolescente poderia estar com medo por estar sozinha em local que estava escuro. "Ali tem que ter um redutor de velocidade", alerta. Os manifestantes informam que o número de acidentes com morte é alarmante e exigem medidas urgentes do Dnit.

Por Adriana Freitas e Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais