Cabrita: famílias desalojadas pedem ajuda para ficar

0
(Foto: Arquivo Portal Infonet)

Após serem despejadas de suas residências, as duzentas famílias que viviam no povoado Cabrita, em São Cristóvão, insistem em permanecer no local. As famílias foram desalojadas na última sexta-feira, 14, após uma decisão judicial de reintegração de posse da área. Agora, os desalojados pedem por doações para que consigam se manter na região.

As famílias despejadas estão inconsoláveis com a situação em que se encontram. Mas, em meio à indignação, as centenas de pessoas afirmam que não deixarão o local. Jadiel Santos, um dos representantes dos moradores do Povoado Cabrita, afirma que as famílias não desistirão de ficar no povoado. “Estamos decididos a resistir. Não vamos sair daqui. Eu moro aqui há 23 anos e quatro meses, criei família aqui”, disse.

O representante conta que, com o desalojamento, tudo foi destruído, e agora as famílias necessitam de doações. “No momento, estamos debaixo de uma lona preta. Mas não vamos sair daqui. Precisamos de doação. Colchão, comida, qualquer coisa”, completou Jadiel.

Defesa

A advogada Lívia Gal Santos, que está representando trinta e duas família, falou sobre a situação das pessoas desalojadas. “Elas estão em barracos de lona. É uma situação insustentável. Elas precisam ser instaladas dignamente”, disse a advogada.

Nesta segunda-feira, 17, os deputados João Daniel e Ana Lúcia Vieira, estiveram reunidos com os moradores da região no que, segundo a advogada Lívia, consistiu em uma ação de apoio social às famílias.

Propriedade

O ex-deputado sergipano Bosco Teles afirma ter documentos que comprovam que as terras são de sua propriedade. Em entrevista ao Portal Infonet na última segunda-feira, 17, ele garantiu que é o verdadeiro dono do terreno e que as famílias não invadiram o terreno, mas compraram de uma pessoa que dizia ser a proprietária das terras do Povoado Cabrita.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais