Câmara aprova criação de CPI para apurar abuso eleitoral

0

O vereador Antônio Gois, do Partido dos Trabalhadores, requereu no último dia 6, na Câmara Municipal de Aracaju, a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – para apurar abusos e irregularidades cometidos por alguns vereadores candidatos à reeleição, cujas campanhas eleitorais vistas nas ruas, segundo o vereador, já ultrapassam o limite de recursos estabelecido pelos partidos ou coligações e declarados ao TRE.

 

Na sessão de hoje, 15, o requerimento foi apreciado e aprovado com 16 votos favoráveis e um em branco. Agora os partidos com maior representatividade – PT, PDT, PSB e PTB – vão indicar um membro, cada um, para fazer parte da CPI. O quinto nome sairá de uma reunião entre o PP, PFL, Prona e PMDB, que têm apenas um representante na Câmara. Em nome do PDT, o vereador Samarone informou que o nome do partido para compor a CPI, é o do vereador Carlinhos do Santos Dumont.

Antes de votação do requerimento para instalação da CPI, o presidente da Câmara, vereador Sérgio Góes (PL), explicou que o procedimento para votação seria secreto. “Mas quero pedir o apoio de todos os colegas para que aprovem a CPI”, pediu Góes, lembrando que cada vereador tem a responsabilidade de fazer a declaração dos seus gastos. Sérgio Góes esclareceu ainda que na sua campanha vem fazendo tudo dentro da lei como manda o Tribunal Regional Eleitoral e afirmou que os preços de faixas, gráfica e outros serviços usados na eleição são iguais para todos.

Mais informações da área no canal ELEIÇÕES 2004

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais