Canal do Santa Maria é completamente desocupado

0

Prefeitura já retirou 750 famílias das áreas de risco (Foto: Ascom/Semasc)

Alcançando um marco na assistência às famílias que moram em áreas de risco, a Prefeitura de Aracaju completou nesta quarta-feira, 25, a desocupação total do canal Santa Maria, com a remoção dos moradores da invasão da Água Fina e a derrubada dos barracos. Mais de 200 famílias foram transferidas para casas de parentes e amigos, sendo que 91 delas receberam imediatamente a autorização para uso do auxílio-moradia.

As demais famílias, todas elas novos invasores da Água Fina, foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc) na manhã de hoje, durante a desocupação. No dia 17 de abril passado, quando a Prefeitura retirou da invasão 40 famílias atingidas pelo transbordamento do canal, a equipe técnica da Semasc atualizou o cadastro dos moradores da invasão, confirmando a existência de 131 famílias no local. Os novos moradores chegaram depois desta data.

"Esta é uma ação inovadora da Prefeitura de Aracaju, que, preventivamente já retirou 750 famílias das áreas de risco somente entre abril e maio deste ano, elevando esse número para quase 1 mil, com a desocupação de hoje. Estamos nos antecipando e salvando estas famílias das inundações  das quais foram vítimas ao longo dos anos", disse o secretário de Assistência Social e Cidadania, Bosco Rolemberg, informando que todos os barracos foram demolidos para evitar novas ocupações.

Para Bosco Rolemberg, a Prefeitura de Aracaju traz resolutividade para o problema crônico que eram as invasões que se multiplicavam às margens do canal Santa Maria. "Este é um exemplo do compromisso da administração municipal para com as pessoas que viviam nestes ambientes indignos: removemos as famílias e oferecemos o auxílio moradia para as que estão cadastradas", enfatizou o secretário.

Para garantir tranquilidade ao processo de desocupação, técnicos da Semasc estiveram durante esta terça-feira na invasão da Água Fina, checando o cadastro de todos os moradores a partir de documentos como Carteira de Identidade e CPF, quando foram informadas sobre a desocupação que ocorreria nesta quarta-feira.

Retrospectiva

Desde o dia 16 de abril que a Prefeitura de Aracaju vem promovendo a retirada das famílias que moravam às margens do canal Santa Maria. A princípio, foram retiradas aquelas que estavam mais expostas aos riscos de inundações. A partir do dia 2 de maio, as ações da prefeitura, comandadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, se intensificaram e se expandiram para alcançar todas as famílias que ali habitavam.

Entre maio e abril deste ano, foram retiradas cerca de mil famílias das invasões do Quirino, Prainha, Arrozal, Água Fina e Marivan. A Prefeitura deu abrigo a 109 delas, enquanto concedeu auxílio moradia para 406 famílias. Neste período foram distribuídos 108 cestas básicas, 111 colchões e 87 cobertores.

Fonte: PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais