Capital oferece opções para crianças em férias

0

Passadas as festas juninas pais e mães têm uma nova preocupação: como entreter os filhos durante as férias escolares no mês de julho. Para os que não querem deixar as crianças apenas ligadas à TV ou ao computador, mas também não podem viajar, a opção é aproveitar a programação das colônias de férias ou dos shoppings da capital sergipana.

Colônia de férias

Há 12 anos o Serviço Social do Comércio (Sesc) monta uma programação especial para as crianças durante os dois períodos de férias que ocorrem anualmente.  Para julho de 2010, a programação, de acordo com o gerente de Esporte e Lazer José Nunes Júnior, foi formatada pensando no resgate das brincadeiras populares. “Serão atividades como pula-corda, corrida de saco, chinelo japonês etc.”, explica.

Podem participar crianças de 5 a 12 anos. A colônia começa no dia 12 e vai até o dia 16. São 100 vagas e a taxa de participação é de R$ 20 (comerciário) e R$ 30 (não-comerciário).

Shopping

No Shopping Jardins a programação de férias atinge vários setores. Além das opções de lazer já oferecidas, como o parque infantil e o cinema – que coloca em cartaz filmes voltados ao público jovem aproveitando esse período -, o centro comercial já montou uma pista de autorama na praça de eventos. Até o dia 30 de julho, ainda, o as crianças podem se divertir no Happy Times e na Mini Fazendinha, com celeiro e touro inflável.

Prefeitura

A Escola de Artes Valdice Teles, mantida pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Funcaju), da prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), oferece também durante as férias de julho oficinas gratuitas de bateria, flauta doce, sax, clarinete, teclado violino, violão erudito e popular, capoeira, dança, teatro, desenho e pintura.

O objetivo do trabalho, de acordo com o coordenador da escola, Marcelo Gaspar, é despertar e estimular as aptidões artísticas de cada envolvido. “Através dessas oficinas temos a oportunidade de mostrar a toda a sociedade aracajuana a importância da arte e da cultura. Além de democratizar os valores culturais”, diz.  São mais de 100 vagas e, além de crianças, jovens e adultos também formam o público-alvo dos cursos. Nenhum tipo de experiência ou conhecimento prévio é exigido. As aulas começaram no último dia 15 e vão até dia 30 deste mês.

E você, internauta, conhece mais alguma opção para que as crianças divirtam-se durante o período de férias? Entre em contato através do formulário de comentários.

Por Diogenes de Souza e Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais