Capitão Samuel poderá responder a inquérito policial

0

Capitão Samuel Barreto/Foto:Arquivo Portal Infonet
O representante da Associação dos Oficiais da Polícia Militar de Sergipe (Assomise), capitão Samuel Barreto, disse ter ficado surpreso ao receber ontem à noite, 1º setembro, a informação de que responderá a mais um inquérito policial.  “Fui informado sobre esse inquérito na noite de ontem, 1°, mas ainda não recebi nada formalmente. O que causou estranheza foi o fato de receber uma notificação de algo que aconteceu há dois meses. Mas estou tranquilo porque judicialmente sei que estou correto e não vou responder a algo que não fiz”, diz.

O capitão lembra que já responde a um processo na justiça. “No dia 1° de outubro vou comparecer a segunda audiência sobre o inquérito de crime de motim, mas tenho fé em Deus e sei que tudo vai dar certo”, fala.

De acordo com o coronel Ornelas responsável pela comunicação da PM o inquérito é uma determinação da auditória militar. “Essa apuração é uma determinação da 6ª vara criminal, onde foi determinado ao comando que fosse aberto um inquérito sobre os militares que estavam presentes na caminhada de manifestação que as esposas realizaram em junho deste ano”, explica.

O coronel disse ainda que dentro de 40 dias todos os envolvidos serão chamados e a PM deverá se pronunciar sobre o assunto.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais