Caravana do Desarmamento em Aracaju

0

Vista aérea da cidade/Foto: Arquivo Infonet
Aracaju encontra-se entre as 10 capitais que mais matam por armas de fogo no Brasil. O dado, do Ministério da Saúde faz parte do conjunto de informações que a Caravana Comunidade Segura traz na bagagem, nos próximos dias 13 e 14, quando aporta na cidade para promover atividades relacionadas à política de desarmamento. Entre os endereços visitados, estão os da Polícia Federal, Governadoria, Prefeitura, Assembléia Legislativa do Estado e Câmara Municipal.

Pela primeira vez, a Caravana percorrerá as 27 capitais do País. A decisão de ampliar o número de cidades visitadas partiu da constatação de que a política geral de desarmamento (Estatuto do Desarmamento, campanhas de recadastramento e de entrega voluntária de armas etc.) está surtindo efeitos, e que os estados que mais investiram nela foram os que registraram maior redução nos índices de homicídios por armas de fogo, de acordo com relatório do Ministério da Saúde.

O relatório aponta para uma queda histórica (12%) no número de mortes provocadas por esses artefatos entre 2003 e 2006, relacionando o dado à política de desarmamento. Mas apesar dos resultados positivos, ainda há muita arma em circulação (cerca de 17 milhões) no País; a maioria delas está em mãos de civis (90%); provocando muitas mortes (34 mil/ano) e armando a criminalidade comum (68% das armas apreendidas pelas polícias haviam sido vendidas a comerciantes e desviadas).

Os números de Sergipe também apontam para a necessidade de se investir na desestruturação do imaginário bélico do estado, o que se pode conseguir a partir da articulação da sociedade civil e dos atores públicos encarregados da política de controle de armas e munições. É o que propõe a Caravana – uma iniciativa da Rede Desarma Brasil e da Oscip Viva Comunidade, com o apoio do Ministério da Justiça, da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da ONG Viva Rio.

Dados de Sergipe (2008)

Registros de armas novas: 82;
Armas furtadas/ roubadas: 82;
Registros estaduais renovados: 920;
Armas apreendidas: 54;
Armas voluntariamente entregues: 111;
Registros de armas velhas: 249;
Portes expedidos: 15

Fonte: Ascom Caravana Comunidade Segura

Comentários