Carnaval: praias do litoral sergipano não registraram aglomerações

0
BPRv no acesso à Praia do Abaís (Foto: BPRv)

Nenhuma ocorrência de aglomeração em praias foi registrada pela Polícia Militar de Sergipe, através da Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran) e pelo Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) durante a operação que está sendo feita próxima neste período de carnaval.

Durante os dias carnaval, nativos e turistas buscam visitar as zonas litorâneas, especialmente as praias de Sergipe. Já durante este carnaval, ao contrário do que é de costume, os policiais identificaram baixo movimento nestes locais. De acordo com o BPRv e a CPTran,  nos locais em que os policiais estão atuando, aglomerações não foram detectadas pelas equipes.

A operação segue até esta quarta-feira, 17, e ocorre nas rodovias e pistas próximas às praias de Aracaju e de municípios sergipanos, a exemplo de Neópolis, Canindé de São Francisco, Pirambu, Estância e Barra dos Coqueiros. Nos locais, as abordagens serão intensificadas para coibir tráfico de drogas e armas, crimes de trânsito e embriaguez ao volante.

Embriaguez ao volante

Mesmo sem casos registrados de aglomerações, casos de embriaguez ao volante foram os mais registrados durante o período.

O BPRv efetuou duas prisões e uma medida administrativa em condutores embriagados na praia do Abaís, em Estância. A CPTran registrou um acidente na segunda-feira, 15, na Barra dos Coqueiros, em que o condutor foi conduzido à delegacia com sintomas de embriaguez após colidir com uma moto e ter se negado a fazer o teste do etilômetro (bafômetro).

Na capital, de acordo com a CPTran, desde o início da operação até a última segunda-feira, 15, cerca de 10 acidentes de trânsito aconteceram e nenhuma morte foi registrada. A CPTran ainda afirmou que, dos dez acidentes informados, em cinco, o condutor estava embriagado ou apresentando sinais de embriaguez.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais