Carro fica partido ao meio ao colidir em árvore

0
Carro se parte ao meio ao colidir com árvore (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

O veículo ficou partido ao meio ao colidir contra uma árvore na avenida Beira Mar, acidente ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 22, no trecho que já está conhecido como a pista da morte. O condutor estava sozinho, sofreu ferimentos considerados leves, está consciente e recebeu assistência da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), segundo informações da equipe do Corpo de Bombeiros acionada por volta das 5h30 da manhã.

De acordo com a equipe dos bombeiros, Derivaldo Silveira Teles, 28, conduzia o Gol Rallye, de placa NVL 7375, licença de Aracaju, e teria perdido o controle da direção ao se aproximar da curva do Palácio de Veraneio, na Praia de Atalaia, colidindo contra uma das árvores existentes na pracinha. A árvore caiu sobre o veículo, que ficou partido ao meio.

De acordo com informações do sargento Nildo de Santana, comandante da guarnição do Corpo de Bombeiros que atendeu à ocorrência, o condutor ainda conseguiu conversar com os bombeiros militares, mas não falou sobre o acidente. “Nos preocupamos com o estado de saúde dele. As causas do acidente só serão conhecidas a partir da perícia técnica”, observou o sargento.

Árvore cai sobre o banco do condutor

Segundo o sargento, o condutor do carro ficou preso entre a árvore e o banco do motorista. Os bombeiros utilizaram equipamento de desencarceramento, retiraram uma das portas do veículo para assistir à vítima. “Ele teve muita sorte”, analisou o pedreiro Reginaldo Monteiro Silva, que estava chegando ao ponto de trabalho quando percebeu a movimentação dos bombeiros na praça.

Tornaram-se comuns acidentes naquele trecho. “Eu mesmo já assisti a uns três nestas últimas semanas”, comentou o pedreiro. “Eles entram aqui chutados na madrugada. Além da velocidade excessiva, com certeza também tem álcool no meio”, ressalta. Os moradores continuam fazendo apelo aos órgãos de trânsito para adoção de medidas que possam coibir os acidentes no local.

Por Cássia Santana 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais