Carta ao papai Noel movimenta Agência dos Correios

0

Número de cartas desse ano já chega a 15 mil
Fim de ano chegando e as Agências dos Correios começam a receber as cartas endereçadas ao papai Noel. Os pedidos são feitos por crianças carentes e vão desde material escolar, bonecas e até cesta básica. A entrega das cartas terminou nesta terça-feira, dia 30 de novembro. Os Correios devem realizar as entregas a partir do dia 04 de dezembro.

Em 2009, a Agência Central dos Correios recebeu 25 mil cartas e até a última segunda-feira, dia 29, já foram entregues mais de 15 mil cartas. Este ano muda-se o local de entrega, que em anos anteriores eram feitos nas residências, passando a ser nas redes de ensino estadual e municipal de onde as crianças estudam. Para que o pedido seja atendido a criança deve estar matriculada na rede de ensino pública ou em instituições sócio-educacionais como ONGs e abrigos e os pedidos devem estar nos considerados ‘Sonhos de Criança’ como brinquedos, material escolar, bonecas e roupas.

Assessor de comunicação dos Correios José Ginaldo de Jesus
Segundo o assessor de comunicação dos correios, José Ginaldo de Jesus, no mês de dezembro é que ocorre a entrega dos presentes por parte das pessoas. “Mudamos o local de entrega, porque assim evita que uma mesma criança entregue mais de uma carta e diminua o número de crianças contempladas. A criança escrevendo na escola, evita que escreva mais de uma e além disso, tem o auxílio dos professores, o que aumenta o número de pedidos de material escolar”, conta o assessor.

Ainda de acordo com o assessor, todos os anos os pedidos são os mesmos. “A bicicleta é o recorde de pedidos, mas estivemos percebendo que este ano, a adoção maior é por material escolar. As pessoas acreditam que dando material escolar está contribuindo com a formação do aluno”, relata.

Rejane Vitor (esq) está confiante na entrega do presente
A moradora do bairro Santa Maria, Rejane Vitor da Silva, está confiante na adoção da carta encaminhada pela filha e acredita que assim como em 2009, o pedido será atendido. “Como não posso comprar algumas coisas que Raiane Vitor me pede, então resolvemos pedir a papai Noel. O ano passado a carta dela foi atendida com material escolar e este ano espero que ela consiga receber um laptop da Xuxa”, conta a dona de casa.

Para a professora aposentada, Ana Gois, que esteve na Agência Central dos Correios para adotar quatro cartas, a adoção é de fundamental importância. “Soube desse projeto e quando vim conhecer pela primeira vez passei a adotar uma carta. Já são cinco anos que venho e pretendo adotar uma carta que pede material escolar, porque acho que a criança vai ser uma pessoa no futuro. As vezes, o aluno leva apenas um papel para a aula e não acho isso bom”, relata a professora.

Quem estiver interesse em escrever uma carta para o papai Noel, deve se dirigir a uma das agências dos correios e em alguns pontos de coleta, como a biblioteca pública, Rua do Turista e Fanese. A entrega da carta é gratuita e deve contar no envelope no envelope o nome da criança que será beneficiada, idade, nome da escola e o endereço. 

Comentários