Cartão Mais Cidadania entra em Operação

0

600 cartões Mias Aracaju Cidadania foram entregues no auditório do Sest/Senat
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju(Setransp), coloca em operação nos ônibus que circulam na capital sergipana, o cartão Mais Aracaju Cidadania. Os primeiros 600 cartões solicitados por usuários através do site foram entregues hoje cedo durante café da manhã no auditório do Sest/Senat.

Para o presidente do Setransp, Carlos Amâncio, o Mais Cidadania foi pensado para as pessoas que não possuem vínculo empregatício e com isso não têm acesso ao Mais Aracaju Vale-Transporte.  “Esse cartão vem para consolidar o processo de bilhetagem eletrônica, encerrando o ciclo dos cartões Funcional, Especial, Escolar e Vale-transporte. Agora, a expectativa é de 100% de dinheiro deixe de circular nos ônibus”, destaca Carlos Amâncio.

De acordo com ele, com os cartões Mais, o número de assaltos a ônibus, tende a diminuir cada vez mais.”É mais segurança para os passageiros, que mesmo perdendo os cartões, podem solicitar outro sem perder dinheiro, além disso, fica extinta a questão do troco”, enfatiza o presidente do Setransp.

O cartão Mais Aracaju Cidadania é próprio para quem utiliza o transporte coletivo esporadicamente, a exemplo de profissionais liberais, donas de casa, trabalhadores informais e todas as pessoas que utilizam o ônibus nas atividades diárias. Pode ser adquirido pelo site ou nos postos de atendimento do Setransp.

João Batista, presidente do Sintra
O presidente do Sindicato dos Motoristas (Sintra), João Batista, esteve no lançamento do Mais Cidadania e afirmou que o número de assaltos (1.056 este ano), pode mesmo diminuir com o sistema de bilhetagem eletrônica, mas que ainda há a preocupação com a demissão dos cobradores de ônibus.

“É a modernização do sistema de transporte, podendo reduzir os assaltos porque não vai ter fluxo de dinheiro nos ônibus, o que acabará desestimulando os bandidos.  Mas o sindicato continua temendo que futuramente as empresas coloquem fiscais de catracas e demitam os cobradores.  Vamos fiscalizar”, alerta João Batista.

Frota

Na ocasião, o presidente do Setransp, Carlos Amâncio afirmou que 40% da frota de ônibus que circulam em Aracaju, é de mais de sete anos, mas que está sendo um trabalho de melhoria. “A gente procura melhorar para investir na qualidade e renovação da frota, através de investimentos e de uma tarifa justa”, afirma.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais