Casa Amélia Leite: materiais furtados estavam em pousada

0
Instituição fica localizada no Suíssa (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Os materiais furtados da Casa Maternal Amélia Leite, no bairro Suíssa, foram encontrados em uma pousada localizada na avenida Desembargador Maynard, em frente ao Hospital de Cirurgia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o imóvel pertence a Antônio Cesar Ribeiro Aguiar Fonseca, o “Toinho”, que tem passagens pela polícia por tráfico de drogas.

A ação ocorreu nessa última segunda-feira, 31, por uma equipe da 2º Delegacia Metropolitana. Um homem, identificado como Wilson Pedro Santos e mais um casal, que ainda não teve a identidade revelada, estão sendo acusados de serem os responsáveis por invadirem a casa e roubarem os objetos. Já o dono da pousada será indiciado por receptação.

Entenda

A Casa Amélia Leite teve alimentos e materiais industriais da cozinha levados no dia 15 de julho. O prejuízo foi estimado em R$ 15 mil para a organização não-governamental (ONG) que acolhe crianças de três a 5 anos de idade em tempo integral. Por causa do furto, as aulas precisaram ser adiadas.

A ONG contou com a ajuda de populares para se reerguer e iniciou as aulas ontem, 31, mesmo faltando materiais necessários para produzir a refeição das 110 crianças.

De acordo com a assistente social Eleuza Santana, a expectativa é que os pertences da Casa possam ser recuperados ainda nesta terça-feira, 1º de agosto.

Por Jéssica França

Comentários