Casa de Passagem Estadual passa a funcionar em novo endereço

0
(Foto: Seias)

A Casa de Passagem Estadual, unidade de acolhimento mantida pela Secretaria de Estado da Inclusão e da Assistência Social (Seias), agora funciona em novo endereço, localizado na Travessa Adolfo Rollemberg, n° 40, Bairro São José, na capital. A mudança para o novo local é temporária, enquanto o antigo prédio da Avenida Maranhão será reformado. Inicialmente, cerca de R$ 700 mil são investidos na reforma, com recursos do Governo de Sergipe, somados aos oriundos de emenda parlamentar.

Destinado ao acolhimento de pessoas em situação de rua ou em trânsito, a Casa de Passagem Estadual é tipificada na Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Atualmente, o equipamento socioassistencial abriga 36 pessoas, entre homens e mulheres, além de crianças e adolescentes acompanhadas de seus responsáveis. Ao longo de 2021, 350 usuários foram acolhidos na unidade.

A reforma do antigo prédio é um importante avanço e representa a melhoria da oferta do serviço de acolhimento estadual. “É mais um equipamento da Inclusão Social que está sendo reformado na perspectiva de aprimorar e humanizar o atendimento à população socialmente vulnerável de Sergipe”, afirma a secretária Lucivanda Nunes. Para a coordenadora da Casa de Passagem, Jainne de Oliveira, a reestruturação será primordial. “A reforma da Casa de Passagem foi sonhada, idealizada e planejada, visto a necessidade, para que a oferta do serviço se tornasse mais humanizada e acolhedora”, destaca a assistente social.

A expectativa pela reforma da Casa de Passagem é confirmada pelos usuários, a exemplo de Alef Bruno. “Esta casa me abriu oportunidades. Já é uma alegria ter um teto para dormir e essa reforma agora deixou a gente muito feliz, pois nos trará muito mais conforto e qualidade de vida”, relata Alef. Isso porque o objetivo é tornar o espaço mais humanizado e acolhedor, conforme aponta a referência técnica estadual da Proteção Social Especial de Alta Complexidade da Seias, Monize Santana Freitas. “As novas instalações trarão mais bem estar para os acolhidos e também para a equipe técnica, sendo um ambiente mais iluminado, mais arejado, que oferecerá mais conforto, comodidade e segurança para todos”.

Para Luana Alves, também usuária da Casa de Passagem, a reforma agregará ainda mais qualidade ao serviço prestado. “Aqui é onde eu me senti acolhida e bem tratada. Não tenho do que reclamar e espero que essa reforma mude o pensamento das pessoas, que por vezes têm preconceito com quem faz o uso desse espaço por ser um prédio tão antigo”, finaliza.

Serviço

A Casa de Passagem Estadual oferta lar temporário com dormida, assistência psicossocial, orientações e escuta qualificada, encaminhamentos para a rede pública intersetorial, três refeições diárias e três lanches em todos os dias da semana. Tem capacidade instalada para 50 pessoas e conta com uma reserva de vagas para pessoas de Aracaju, devido à demanda. Do total de vagas da unidade, 20 são reservadas à capital, a partir de cooperação técnica firmada com a Secretaria Municipal da Assistência Social.

Fonte: Seias

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais