Cashback: casal acusado de aplicar golpe de R$ 10 mi é preso em SE

0
(Foto: SSP/SE)

O Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) da Polícia Civil deu cumprimento a dois mandados de prisão preventiva contra um casal investigado pelo golpe do cashback. A prática consistia no recebimento de valores sobre a quantia investida junto aos investigados. Ao menos 190 pessoas foram vítimas e o prejuízo total é estimado em R$ 10 milhões. Os investigados se apresentaram na tarde dessa segunda-feira (29).

De acordo com a delegada Lauana Guedes, as vítimas compareceram à unidade policial no mês de outubro. “As vítimas vieram denunciar uma suposta fraude em que os autores prometiam um vantajoso retorno financeiro em um curto espaço de tempo. Ao final, as vítimas não receberam o dinheiro investido e nem os juros”, detalhou.

A delegada explicou que a fraude consistia no uso do cartão de crédito das vítimas para o recebimento de um suposto cashback, que é retorno de parte do valor pago pelas operadoras de cartões. “Os suspeitos prometiam um retorno do valor investido, mas isso não aconteceu”, acrescentou. O inquérito policial será concluído em um prazo de dez dias e será remetido à Justiça.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais