Caso Alef: jovens acusados são absolvidos em Lagarto

0
Os três na época em que foram presos pela Polícia e agora estão absolvidos pela justiça (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Foram absolvidos, por falta de provas, os três jovens acusados pelo assassinato de Alef Oliveira dos Santos Passos, crime ocorrido no dia 20 de fevereiro de 2015. O corpo da vítima foi localizado na rodovia estadual que liga os municípios de Lagarto a Riachão do Dantas. Por este crime, foram indiciados pela Polícia Civil e denunciados pelo Ministério Público Estadual os jovens Genigleidson Carvalho Pereira, conhecido como Guebinho, Adriana Vitória Lima Silva e Fábio Santos Silva. Os três chegaram a ser presos e apresentados, em abril de 2015, pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, como autores do homicídio.

Entretanto, o juiz Marcel Maia, que respondia pela Vara Criminal de Lagarto, não reconheceu a denúncia, por não encontrar provas nos autos, e acabou manifestando-se pela impronuncia dos réus, absolvendo os três acusados. “Os acusados trouxeram álibis, os quais em que pese duvidosas por vezes, são capazes de afastar os possíveis indícios de autoria”, destacou o magistrado.

Durante a tramitação processual, os três acusados negaram a autoria do crime e apresentaram versões convincentes, o que garantiu a absolvição. “Diante das circunstâncias narradas, nenhuma outra prova há nos autos que robusteça a prova indiciária a ponto de consubstanciar a remessa do julgamento dos acusados ao Tribunal do Júri Popular”, destacou o magistrado, em um trecho da sentença.

O processo efetivamente foi concluído, pela absolvição dos três acusados, e considerado o trânsito em julgado neste ano, com decisão favorável aos três acusados publicada no dia 2 deste mês e o arquivamento definitivo do processo registrado na última quarta-feira, 16, conforme explícitos nos autos.

Por Cássia Santana

Comentários