Caso Laísa: Pedreiro deve responder por homicídio

0

(Foto: facebook saocristovaocomoeuvejo)

O pedreiro Mário César Santos de Oliveira acusado pelo assassinato da jovem Laisa Santos Andrade, 16 anos, continua preso à disposição da justiça. A prisão do suspeito foi decretada pelo juiz Antônio Cerqueira, da Comarca de São Cristovão no dia 13 de junho.

O caso está sendo investigado pela delegada do município de São Cristóvão, Jaciara Mendonça que deve concluir o inquérito até o final dessa semana. ”Ele nega que tenha cometido o crime, mas continua preso e vai responder por homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver”, diz a delegada.

Apesar de negar a autoria do crime, a polícia acredita que ele tenha agido sozinho. Os familiares da jovem dizem não ter dúvida de que o pedreiro Mário César cometeu o homicídio.

Crime

A adolescente foi encontrada morta no dia 11 deste mês, em uma área de manguezal situado no Jardim Universitário, município de São Cristóvão. O corpo da vítima foi encontrado parcialmente enterrado, com o rosto desfigurado.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais