Caso Tayrone: suspeito se apresenta à Polícia Civil

0
Morte de Tayrone ocorreu no dia 31 de agosto (Foto: facebook)

O principal suspeito do latrocínio (roubo seguido de morte) contra o professor de Tayrone Rodney Menezes Ribeiro, 26, se apresentou à Polícia Civil nesta quarta-feira, 9. O crime aconteceu no último domingo, 31 de agosto, durante os festejos da Parada Gay, na Orla da Atalaia.

As primeiras informações indicavam que Tayrone se recusou a entregar a corrente de prata que usava ao criminoso. Alguns dias depois, duas pessoas, uma que vendeu a corrente e outra que comprou o objeto, foram presas por receptação de produto roubado. Os dois homens detidos delataram à Polícia Civil a identidade do responsável pelo crime.

As investigações foram conduzidas pelo Delegado Fernando Melo, da Delegacia de Turismo. A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) realizará nesta quinta-feira, 10, uma coletiva de imprensa para dar todos os detalhes relacionados ao crime, às investigações e aos presos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais