Categorias decidem sobre greves em assembléias

0

O Sindicato de Servidores Públicos Municipais de Aracaju (Sepuma) irá se reunir nesta quinta-feira, 25, às 15h em assembléia para decidir se aprovam o reajuste concedido pelo prefeito. Eles estão em greve desde a última segunda-feira, 22, solicitando um reajuste que cobre as perdas salariais dos últimos anos.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, PCdoB, anunciou na manhã de hoje, 24, um reajuste que varia de 4,63% a 18,23%. De acordo com ele, o reajuste nos salários dos servidores será concedido de forma que quem recebe menos terá um aumento maior (18,23%) e aqueles que recebem mais terá um aumento menor nos seus vencimentos, equivalentes a 4,23%.

Médicos

Logo mais, às 19h, quem se reúne é a classe médica. Eles aguardam desde a última quinta-feira, quando também foi aprovado um indicativo de greve realizada pelo Sindicato dos Médicos de Sergipe com emergencistas, especialistas e médicos do Programa Saúde da Família (PSF).

Além do reajuste de 21%, os médicos estão reivindicando benefício das funções gratificadas e revisão da terceirização dos serviços em prol dos serviços próprios, cortes nos cargos comissionados, melhores condições de trabalho, entre outros pontos.

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais