Cemitérios já estão sendo preparados para o Dia de Finados

0
Os trabalhos de limpeza e conservação foram intensificados na área interna e entorno do São João Batista. (Foto: Felipe Goettenauer)

A Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), está preparando os cemitérios públicos da capital para receber os visitantes no Dia de Finados, 2 de novembro. As ações estão voltadas para o São João Batista, no bairro Ponto Novo, o Helena Bandeira, na Atalaia, e o do ABC, no Jardins – que está inativo, mas recebe visitação.

Neste sentido, esta semana os trabalhos de limpeza e conservação foram intensificados na área interna e entorno do São João Batista, um dos maiores da cidade em número de sepultamentos. Nos próximos dias, a frente de serviços contemplará a varrição, capinagem, roçagem mecanizada, retirada de resíduos e poda. A mobilização ocorrerá também para limpeza da capela, situada no interior do cemitério, assim como nos meios-fios que receberão uma nova pintura. De acordo com a empresa municipal, a previsão de conclusão é de até 10 dias.

Nos outros dois espaços gerenciados pela Emsurb, o ABC e Helena Alves Bandeira, as intervenções começarão dois dias antes do feriado. Já nos demais cemitérios particulares, a preparação para o recebimento dos visitantes ocorrerá apenas em regiões ao entorno, enquanto que o cemitério dos Náufragos, administrado pela Marinha, permanecerá com suporte da gestão municipal na execução de serviços de limpeza e manutenção.

Devido ao grande número de pessoas circulando nestes locais, a empresa municipal irá reforçar, ainda, os critérios de prevenção e higienização de modo a inibir a proliferação do novo coronavírus, segundo explicou o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas.

“Iremos disponibilizar uma estrutura com toldos, banheiros químicos, recipientes com álcool em gel e faremos o controle do fluxo de pessoas nos acessos às áreas internas dos cemitérios para que se mantenha o distanciamento social. Haverá também a orientação sobre a obrigatoriedade do uso de máscara. Todas essas medidas atendem as exigências sanitárias previstas nos decretos estadual e municipal em relação à covid-19. Por isso, pedimos a compreensão e a paciência da sociedade, no que se diz respeito ao cumprimento desses critérios”, enfatizou o presidente.

Ainda no âmbito do enfrentamento à pandemia, as tradicionais missas que ocorriam ao longo do dia nesses locais foram suspensas, conforme informação da Arquidiocese.

“Diferentemente dos anos anteriores, não haverá celebrações nas áreas externas dos cemitérios. Esta medida visa evitar aglomeração, pois há dificuldade de controle do público,  principalmente no São João Batista que possui mais de cinco mil pessoas sepultadas”, concluiu Luiz Roberto.

Fonte: Ascom/Emsurb

Comentários