Chefe de quadrilha é preso por estelionato

0

O acusado chefiava quadrilha que agia em quatro estados (Fotos: Portal Infonet)

Agentes civis da Delegacia Especial de Combate a Falsificações e Defraudações efetuaram a prisão do cearense Marcelo Araújo Silveira Filho, de 34 anos que é acusado de chefiar quadrilha de estelionato e crimes financeiros em quatro estados. A operação aconteceu na madrugada da última segunda-feira, 18, e surpreendeu Marcelo Araújo quando chegava de viagem.

A delegada Carina Rezende, responsável pelo caso, disse que a quadrilha já era investigada pela polícia cearense desde 2007. “No estado do Ceará foram praticados por essa quadrilha mais de 20 crimes e existem mandados de prisão expedidos contra os integrantes do bando desde 2007. Como ficou difícil cometer os crimes no Ceará, os bandidos ampliaram as ações para Alagoas, Sergipe e Bahia. Aqui em Sergipe, eles agem desde abril desse ano e em maio prendemos o primeiro integrante do grupo”, explica Carina Rezende.

Carina Rezende comenta que a prisão não foi uma operação simples. “A polícia teve dificuldade de localizar os suspeitos pelo fato deles usarem documentos e endereços falsos. Marcelo Araújo, que era o chefe da quadrilha, usava três nomes diferentes. A operação teve uma guinada com a prisão de Roberval Francisco de Sales Neto, que é integrante do bando e fonte de muitas informações acerca dos métodos do grupo”, comenta a delegada.

A delegada Carina Rezende explicou como o bando agia

O grupo possui ramificações em diversos setores e com a prisão do líder da quadrilha, foi encontrada lista contendo nomes e CPF de várias pessoas. “O bando era articulado, tinha contatos com falsificadores de documentos, recrutadores de laranjas e revendedores de veículos. Quando prendemos Marcelo Araújo, encontramos uma lista com vários nomes, dentre os quais ele escolhia uma vítima e por meio de contatos em empresas de telefonia fraudava contas telefônicas que usava como comprovante de residência junto a revendedoras de veículos e instituições financeiras”, diz Carina Rezende.

Marcelo Araújo foi preso após chegar de viagem do Rio de Janeiro. Em Aracaju, o acusado ficava numa casa alugada no Bairro Atalaia, local em que a prisão foi efetuada. Em Sergipe, a quadrilha praticou cinco fraudes nos últimos 30 dias. Em dois desses casos, os bandidos conseguiram a posse dos veículos, que foram apreendidos pela polícia quando feita a prisão.

Por Caio Guimarães e Raquel Almeida

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais