Cheques devolvidos em março batem recorde no ano

0

O número de cheques devolvidos por falta de fundos em março foi recorde no ano e o segundo maior registro mensal dos últimos 13 anos, segundo pesquisa da Serasa, que iniciou o estudo em 1991. A cada mil compensações foram devolvidos 17,2 documentos contra 16, em fevereiro, 16,7, em igual período do ano passado. Esse volume só foi superado, em maio de 2003, quando as devoluções atingiram 17,6 cheques a cada mil compensados. Em março, passaram pela compensação 189,25 milhões de cheques, dos quais 3,25 milhões não tinham a provisão necessária na conta dos emitentes para a liquidação. De acordo com a análise técnica da Serasa, o aumento se deve à aceitação de cheques pré-datados no comércio varejista. Consumidores que fizeram as suas compras durante o período natalino estariam agora em dificuldades para incorporar no orçamento atual os débitos assumidos anteriormente.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais