Chesf descarta queda de abastecimento de energia

0

Usina de Xingó
O diretor de operações da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chef), Mozart Bandeira, descartou a hipótese de queda no abastecimento de energia da Usina Xingó. Segundo ele, a vasão da Usina ontem estava em 1.360m³/s, acima dos 1.300m³/s exigido pela licença ambiental.

Nessa tarde os usuários ribeirinhos se reunirão com a companhia para verificar a possibilidade de ter uma vasão de 1.100m³/s. “A nossa preocupação não é com abastecimento de energia, porque não vai ser prejudicado. Mas sim com abastecimento para consumo humano”, diz Mozart.

O Ibama já licenciou a Chef para trabalhar com a vasão menor, porém durante a reunião os usuários devem opinar se estão preparados para essa diferença.

Comentários