Choque realiza Instrução Teórica sobre munições

0
(Foto: Choque)

A Polícia Militar através do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), está realizando durante o transcorrer desta semana a instrução teórica sobre a utilização de munições não letais nos tipos de impacto controlado e lacrimogêneas e granadas nos mais variados tipos.

As instruções visam o estudo pormenorizado de cada tipo, o seu emprego eficiente e eficaz através dos efeitos, distâncias para a aplicação, situações específicas para a utilização, procedimentos de segurança, armamento adequado para a utilização das munições e outros aspectos fundamentais para o êxito das missões.

Até presente momento o 2º e 3º Grupamentos Policiais receberam as instruções que tem contado com o máximo de atenção e participação dos operadores através das instruções ministradas pelo Sargento PM Edmilson Feitosa que é um profissional extremamente qualificado e com bastante experiência para o desempenho das instruções neste segmento.

Esta é a primeira parte de estudos específicos sobre as munições não letais utilizadas pela Tropa de Choque da PMSE, sendo prevista para a próxima semana a conclusão com os estudos acerca da utilização das granadas em suas diversas tipificações e uma terceira parte que será a utilização prática das mesmas concluindo o módulo específico de agentes químicos, igualmente, no mês de março os policiais tiveram instruções teóricas e práticas dos efeitos dos agentes químicos CS (ortoclorobenzalmalononitrila) e OC (Oleoresim Capsicum).

Segundo o Major Carlos Rolemberg – Comandante do Batalhão de Choque, “As operações desempenhadas nas ações de choque são difíceis e apresentam alto grau de complexidade pelas diversas situações que são impostas no campo operacional do controle de distúrbios, reintegrações de posse, retomada de estabelecimentos prisionais, dentre outros.

Sendo assim é extremamente necessário que a tropa esteja a cada dia mais capacitada e qualificada para desempenhar o seu papel com responsabilidade e profissionalismo, evitando quaisquer tipos de comprometimentos na execução das missões, destarte, somente através do treinamento e da capacitação é que conseguiremos chegar ao objetivo final com eficiência e eficácia objetivando a defesa da vida”.  

Fonte: Ascom Choque

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais