Entrega do novo CIC colocará Sergipe na rota do turismo de negócios

0

Após seis anos em obras, o Governo do Estado entregou, nesta segunda-feira, 9, a obra de reforma e ampliação do Centro de Convenções de Sergipe.  O local será gerido pela empresa AM Malls, empresa que assumirá a função pelos próximos 25 anos, através de parceria público-privada. O ministro do Turismo, Gilson Machado, participou da solenidade. A expectativa é de que o novo CIC reposicione o estado de Sergipe  na rota do turismo de negócios no Brasil.

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, falou da importância da obra e lembrou que o estado precisava de um Centro de Convenções mais moderno e ampliado. Belivaldo também explicou como vai funcionar a parceria pública-privada. “Há uma gestão e um pagamento mensal. No primeiro momento, como vai haver o investimento, a gente faz esse encontro de contas. A empresa vai fazer a gestão, mas também vai fazer um investimento de quase R$ 10 milhões, o que é bom. A qualquer momento, se por acaso a empresa desistir ou não cumprir seu período, todo o investimento feito fica para o Estado e a partir de um certo período, também terá o pagamento da empresa para o Estado”, explica.

Turismo

O secretário de Turismo de Sergipe, Sales Neto, destacou que a empresa fará a instalação de equipamentos complementares, a exemplo de elevadores, sistema de ar-condicionado e mobiliário. Segundo Sales, a expectativa é que no início do próximo ano, o CIC já esteja recebendo eventos.

“Sergipe poderá voltar ao circuito de grandes eventos que alimenta a cadeia do turismo com muita força. O turismo de eventos é a modalidade que mais movimenta recursos financeiros na economia onde ele se instala. A empresa nos informou que já existe procura, uma demanda bem aquecida, para que a partir do próximo ano, o Centro de Convenções abrigue eventos de grande porte e uma agenda bem extensa”, adianta.

Além dos eventos, a proposta do Governo é movimentar o CIC, tornando o local um espaço de convivência. “O objetivo é dar vida ao espaço o ano inteiro e não apenas na época dos grandes eventos. As pessoas poderão conviver na cafeteria, no coworking, no restaurante e nas exposições que ali farão o ano todo. Isso vai movimentar o CIC e movimentar o nosso turismo”, conclui.

Capacidade

O pavilhão principal do CCS tem capacidade para 6.500 pessoas em pé ou 4.500 pessoas sentadas. Já o pavilhão novo está apto a receber 1.500 sentadas ou 2.000 pessoas em pé. Nos demais auditórios, há a disponibilidade para 570 pessoas sentadas. São cerca de 16,3 mil metros quadrados de área construída e 23,2 mil metros quadrados de área total. A obra teve investimentos totais de R$ 29.678.421,87, entre recursos federais e estaduais.

No pavimento térreo, foram implantadas 130 novas vagas para veículos, sendo quatro de acessibilidade, totalizando 196 vagas de estacionamentos, das quais 100 são cobertas. Toda a estrutura física foi reformada, abrangendo uma área de 5.050 m² no pavimento térreo, dotada de um pórtico de acesso avarandado, recepção, bilheteria, credenciamento, setor administrativo, conjuntos de sanitários, depósitos, espaço para preparo de refeições e coquetéis, sala para cocção e espaço para equipe de apoio.

O Governo reformou e modernizou os cinco auditórios existentes no projeto inicial (Terra Caída, Crasto, Pirambu, Abaís e Atalaia – todos eles com paredes construídas em alvenaria) assim como a estrutura de apoio para equipamentos de som, áudio, ar-condicionado, depósitos, conjuntos de sanitários e copa de suporte para coquetéis e coffee break.

Na área da nova construção, foram providenciados espaços para acolher auditórios adicionais, que podem ser separados em blocos por divisórias removíveis que permitem a composição desses espaços em distintas configurações de layout, possibilitando a ambientação para eventos dos mais variados formatos. No geral, o novo CIC poderá disponibilizar até 13 auditórios.

Por Karla Pinheiro com informações da ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais