Cigano é assassinado na porta de casa

0

Irmão da vítima foi preso sob suspeita de tentar vingança
Mais um crime envolvendo ciganos foi registrado na tarde desta terça-feira, 27, no bairro Rosa Elze. Evangelista Alves e Djalma Alves estavam na porta de casa, na rua Alan Silva, no conjunto Maria do Carmo, em São Cristóvão, por volta das 15h, quando dois homens atiraram contra o casal. O homem foi atingido no abdômen e morreu a caminho do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). A esposa dele foi atingida no quadril, mas, de acordo com a assessoria do hospital, não corre risco de morte.

Agentes da Rádio Patrulha (RP) prenderam logo após o crime o irmão da vítima, Otávio Alves Santos. De acordo com o capitão Vitor Moraes, quando os policiais chegaram ao local do assassinato foram informados que ele tinha saído em perseguição aos criminosos. Ao abordarem o carro de Otávio, um revólver calibre 38 foi encontrado. Ele e um homem que estava como passageiro do veículo foram encaminhados à delegacia do conjunto Eduardo Gomes, mas apenas Otávio permanecerá preso.

Arma de calibre 38 encontrada com o irmão de Evangelista Alves

“Nosso medo era que houvesse uma revanche. Ele disse que estava indo para o IML para liberar o corpo do irmão, mas acreditamos que ele ia atrás dos bandidos”, explicou o capitão.

A polícia acredita que o fato tenha alguma ligação com o assassinato do também cigano Odair Alves de Oliveira, cujo corpo foi encontrado no dia 13 deste mês em um terreno baldio do Distrito Industrial de Socorro. Este crime teria sido cometido por Gilmar Guimarães, preso dias depois, e pode ter desencadeado, ainda, um triplo homicídio no dia 15, no bairro Soledade, zona norte da capital. 

“Os ciganos nos disseram que há uma ligação entre os crimes. Eles inclusive foram avisados que deveriam se precaver. Vamos apurar”, disse o capitão Vitor Moraes.

Por Diógenes de Souza e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais