Cinco dias para fazer uma simples ata?

0

Termina hoje, às 19 horas, o prazo concedido pela Justiça Eleitoral para que os partidos entreguem as atas das sessões das convenções, realizadas até o dia 30 de julho. Ocorre que as convenções podem ter sido realizadas naquela data, mas ninguém redigiu nenhuma ata sequer. Ou, em bom português, as convenções ainda não terminaram. Senão, como interpretar a rebeldia do senador Almeida Lima que rejeita apoiar a candidatura de Susana Azevedo, e diz, abertamente, que se for assim, lança, na segunda-feira, a candidatura de Garibalde Matos? Estamos então no reino do “faz de conta”. Faz de conta que as convenções terminaram no dia 30 e que ficou tudo resolvido. Dá-se então cinco dias extras para botar tudo em um papel. Cinco dias para redigir uma simples ata? Vamos e convenhamos: ou a Justiça Eleitoral toma uma providência ou tudo vira uma bagunça. Esses partidos tiveram a vida toda para decidir sua sorte e sua vida e ainda exploram mais cinco dias para fazer uma ata? Será que em nenhum partido não tem quem saiba redigir uma ata? Se for o caso, contrate-se um profissional de atas. Ficar neste chove não molha é que não pode. Parece gozação com o pobre do eleitor… Por Ivan Valença Mais notícias da área no canal ELEIÇÕES 2004.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais