Cinema desconfortável

0

O “cinema improvisado” na Orla do Bairro Industrial mostrou-se inteiramente desconfortável. Como a projeção atingia a tela quase ao rés do chão, restava ao espectador ver metade da tela, já o resto estava encoberto por espectadores que sentavam nas fileiras em frente. Filme com legendas, como “Rio de Jano”, tornaram-se impossíveis de assistir. Isso sem falar na barulhenta dança de cadeiras – era o público buscando a cada minuto uma melhor posição – e o fato de que a chuva atrapalhava. Talvez por causa da pouca divulgação, o público não foi dos maiores. Mas, havia muitos cineastas de outros Estados que vieram acompanhar seus filmes. Um capítulo à parte: as performances do grupo “Stultifera Navis”, na abertura e no final do festival. Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais