Comerciante diz que não recebeu auxílio

0

Jesiel dos Anjos diz que depois do dia 15 estará sem ter onde morar.(Foto: Arquivo Infonet)
O proprietário do bar do “Joca” na Praia de Aruana, zona de expansão da capital sergipana, Josiel dos Anjos, releva que até o momento não recebeu nenhum comunicado por parte da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) no sentido de auxiliá-lo após a demolição do ponto comercial.

Joca, como é conhecido, possui o comércio há 25 anos, e relata que após a decisão judicial do último dia 15 de outubro, que visa garantir a reurbanização do espaço pela Prefeitura Municipal, não tem para onde ir. “A única coisa que sei até agora é que o bar será derrubado dia 15 de novembro. Não recebi nenhum auxílio-moradia, não tenho garantias de que vou receber um dos bares novos, ou seja, a partir do dia 15 estou na “Rua da Amargura”, sem um teto, sem emprego, sem nada”, desabafa.

Prefeitura

Ainda no dia 18 de outubro, a Prefeitura afirmou em nota que iria conceder o auxílio-moradia para o comerciante. Nesta quarta-feira, 3, o Portal Infonet entrou em contato com a Prefeitura, mas não obteve êxito.

Comentários