Comércio espera boas vendas e recuperação de empregos no Natal

0
Apesar das dificuldades, já é possível perceber uma retomada econômica nos últimos meses (Foto: Infonet)

Historicamente, o fim de ano é um dos melhores períodos para o comércio. Impulsionado pelas vendas de Natal e Réveillon, além do 13º salário, o mês de dezembro sempre representa um aumento nos ganhos dos lojistas.

Este ano não seria diferente, porém, com uma expectativa a mais. Afinal, o setor passou por grandes dificuldades diante da (ainda existente) pandemia de coronavírus. Faltando uma semana para o Natal, a corrida pelas compras deve ter um salto significativo nos próximos dias.

Segundo Marco Pinheiro, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), isso pode ajudar expressivamente na recuperação dos empregos que foram perdidos por causa da crise gerada pela pandemia.

“Foram meses de comércio fechado e grandes sufocos. Agora, com as vendas deste período, teremos uma oportunidade de as empresas gerarem emprego e renda. Isso é importante para o comércio, o setor de atacado, as distribuidoras, para a indústria”, avalia Pinheiro.

Apesar das dificuldades, já é possível perceber uma retomada econômica nos últimos meses. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista em Sergipe cresceu 1,1% em outubro se comparado com o mês anterior.

Com relação ao mesmo período de 2019, houve aumento de 6,0%. Marco Pinheiro analisa que ainda é uma recuperação tímida, mas que precisa ser comemorada. “São sinais claros de retorno. Estamos otimistas”, assegura.

Campanha

Para ajudar ainda mais as vendas, a Acese, com o apoio, Fecomércio/SE, Sicredi, Sebrae/SE, CDL, Banese Card e TKS, está promovendo o sorteio de um carro zero km com a Campanha Natal Premiado. Mais de 40 estabelecimentos comerciais no Centro de Aracaju estão participando.

O presidente Marco Pinheiro entende que esse sorteio eleva ainda mais a esperança de boas vendas para o comércio. “O consumidor que comprar a partir de R$ 50 reais já terá direito a um cupom. É mais um atrativo que certamente irá nos ajudar a atrair as pessoas”, afirma.

Fonte: Ascom/Acese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais