Compajaf realiza curso de re-capacitação para Colaboradores

0

Participantes da primeira fase do curso (Foto: Ascom Reviver)
Cerca de 170 colaboradores da Reviver lotados no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho – COMPAJAF estarão durante os dias 13,14 e 15 e 20,21 e 22 participando de um Curso de Re-capacitação que será realizado no 28º Batalhão de Caçadores, localizado no bairro 18 do Forte. A Medida é parte do cronograma de atividades gerenciais da empresa, em parceria com o Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania.

Segundo a gerente executiva da Reviver, Jirlene Gomes o objetivo é manter os colaboradores reciclados nos procedimentos de segurança que são diariamente utilizados durante as atividades nos presídios administrados em Co-gestão pela empresa.

Segundo informações da coordenação do Curso de Re-capacitação do COMPAJAF estarão sendo disponibilizadas aos participantes aulas em nove disciplinas: Relações Interpessoais/Motivacional; Gerenciamento de Crise com aulas teóricas e praticas nas instalações da unidade prisional; Noções de Direito Penal; Defesa Pessoal; Guarda e Escolta (aulas teóricas e práticas); Sistema de Comunicação (aula teórica e prática com uso de rádio HT); LEP – Lei de Execução Penal; Técnicas de Ocorrências; Uso de Equipamento Proteção Individual – EPI ou em sua ausência improvisação com material disponível no local; Normas e Procedimentos Penitenciários.

Para o diretor do presídio, Ricardo de Oliveira Manhães o curso reforça o comprometimento do Estado e do próprio Desipe – Departamento do Sistema Penitenciário, com uma prestação de serviço de qualidade.

Segundo Jirlene Gomes uma das preocupações na escolha dos instrutores é com a qualificação do conhecimento dos palestrantes na área de segurança. “A nossa meta é transformar o serviço prestado no Sistema Prisional em algo perfeitamente possível, quando falarmos em ressocialização. E para isso, precisamos trabalhar com profissionais comprometidos e qualificados”, justifica Jirlene Gomes. Um bom exemplo é Mário Augusto dos Santos Andrade que será responsável pelas aulas de Comunicação/Guarda e Escolta. O agente da Polícia Civil é lotado no Comando de Operações Especiais da Bahia- COE. Instrutor do Curso de Ações Táticas do COE. Instrutor de Gerenciamento de Crise na Secretária Nacional de Segurança Pública do Brasil.

Fonte: Ascom Reviver

   

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais