Comunidade bloqueia acesso a loteamento

0

Moradores fecharam o acesso ao loteamento (Fotos: Portal Infonet)

No acesso ao loteamento Parque São José, em Nossa Senhora do Socorro, uma cruz marcada no poste de energia elétrica mostra a insegurança da comunidade. Segundo os moradores, a cruz lembra a morte de um homem este ano que teria sido vítima de violência. Ruas sem calçamento e com difícil acesso por conta de buracos, além da redução no número de atendimento no posto de saúde e a insegurança do local foram alvo da manifestação.

Todas essas reclamações foram feitas na manhã desta quinta-feira, 22, pela população local que resolveu bloquear o principal acesso ao loteamento queimando pneus e galhos de árvores.

A falta de calçamento nas ruas foi mostrada pela equipe do Portal Infonet no ano passado.

A dona de casa Beatriz Albertina Guimarães Lima Souza que mora no local há oito anos conta que o transporte urbano deixou de circular pelas ruas por falta de

Mães reclamam da falta de ônibus no local
estrutura. “Desde segunda-feira, 19, que os ônibus não estão entrando no bairro, é preciso andar mais de um quilometro para chegar em casa”, reclama.

Para Maria Cristina de Oliveira a falta de ônibus na localidade preocupa com relação à segurança das filhas. “Minhas filhas estudam no Bugio e caminham bastante para ir à escola. Fico muito preocupada porque elas correm o risco de ser assaltadas. Com essas ruas do jeito que estão, os carros da polícia não entram e fica a gente correndo o risco de sofrer um assalto”, diz.

Maria José dos Santos diz que, além dos problemas citados, no posto de saúde faltam médicos e medicamentos. “Tem lá uma placa na frente do posto que diz que agora o médico só pode atender 10 pessoas. Antes eram

Muitas ruas com buracos

13. Não sei como será porque a gente procura o médico e não tem. Dentista falta e remédios a gente vai pegar e não têm”, alerta a dona de casa.

Prefeitura

De acordo com o secretário de comunicação da prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, André Carvalho, as chuvas agravaram o problema das ruas na localidade. O secretário explica que provavelmente até está sexta-feira, 23, as ruas estarão recebendo um calçamento com um material resistente as chuvas chamado de solo brita.

André Carvalho afirma ainda que muitos loteamentos do municípios foram vendidos sem nenhuma

No posto de saúde a placa mostra o motivo da redução do atendimento

estrutura e que a gestão da prefeitura está há apenas um anos e meio, tempo considerado curto para resolver todos os problemas do município.  

Segurança

 

 

Com relação à falta de segurança a equipe do Portal Infonet conversou com o tenente coronel Enilson Aragão que confirmou a dificuldade de fazer policiamento ostensivo em áreas sem calçamento e com estrutura precária. “Esse problema não é somente daqui do loteamento São José, temos alguns povoados que também sofrem o mesmo problema. Por conta disso adquirimos duas caminhonetes com tração para intensificar esse trabalho”, menciona o tenente coronel, salientando que muitas vezes a comunidade não registra o boletim de ocorrência sobre os assaltos.

Moradores protestaram no posto de saúde
Saúde

Sobre a falta de médicos, a diretora do posto de saúde Wellington Mangueira nega a informação. Segundo Josielma Santos Bomfim, os servidores da unidade têm feito esforços para resolver todos os problemas da comunidade com relação ao atendimento. Josielma afirma que a unidade possui equipes com enfermeiros, agentes de saúde, dentista e clínico geral.

A diretora relata que na unidade não faltam medicamentos e que os pedidos são realizados com

antecedência. “Mesmo que algum medicamento falte na unidade é feito um novo pedido”, ressalta Josielma Santos Bomfim que reconhece a demora na marcação de exames.

“Infelizmente esse problema não acontece somente em Socorro, mas temos mantido uma comunicação muito boa com o secretário da saúde para tentar resolver essas questões”, diz.

 

 

 

 

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais