Condomínio sofre com mofo e infiltração

0

O mofo toma conta do teto de um dos apartamentos / Foto: moradores Morada do Sol
Moradores do condomínio Morado do Sol, localizado no conjunto Augusto Franco, zona sul da capital sergipana, afirmam que com as fortes chuvas que caíram nas últimas semanas um dos blocos foi inundado e apartamentos danificados. Na manhã desta segunda-feira, 19, a comissão de fiscalização do condomínio que faz parte do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) afirmou que nenhuma obra de reparação foi realizada por parte da administradora.

Segundo Fernando José, integrante da comissão de fiscalização, o bloco seis foi um dos mais atingidos. Fernando conta que além do mofo existem várias infiltrações em dois apartamentos. “Um dos moradores foi obrigado a deixar o local porque o apartamento está com muito mofo, o que é um perigo para a saúde”, lembra.

A equipe do Portal Infonet teve acesso ao laudo da vistoria encomendado pela administradora do

De acordo com a administradora o problema já está resolvido / Foto: Arquivo Portal Infonet
condomínio. Segundo o laudo realizado pelo engenheiro Carlos Eduardo Santos de Carvalho, datado do dia 14 desse mês, o problema foi ocasionado porque a calha de zinco está furada. O engenheiro afirma que com a enxurrada a estrutura foi atingida pelas águas.

Além dos problemas na estrutura, o engenheiro afirma que o prédio está com a pintura dos tetos e paredes danificadas e que a umidade já apresenta proliferação de fungos.

Em um dos parágrafos o laudo aponta que se não forem realizados reparos e com a continuação das chuvas, o bloco poderá passar por uma intervenção da Defesa Civil. O laudo é conclusivo e afirma que o bloco está em péssimas condições de conservação, necessitando que sejam realizados reparos imediatos no local.  

A reportagem do Portal Infonet entrou em contato com a administradora do condomínio e foi informada que o problema foi resolvido durante o último final de semana. Segundo a administradora Exponencial, foi preciso esperar uma melhora no tempo para que fossem realizados os serviços de pedreiro.

A administradora salientou que com as chuvas os blocos quatro, oito e nove tiveram que ser retelhados, mas todos os serviços foram realizados imediatamente. A Exponencial ressalta que durante as chuvas que atingiram a capital, os quatro condomínios que são administrados pela empresa receberam visitas diárias.

Por Kátia Susanna

Comentários