Confraternização de jornalistas traz palestra com Paulo Miranda

0

Na quarta-feira, 20, o Sindijor/SE realizará a confraternização dos jornalistas que incluirá um debate com o jornalista Paulo Miranda, de Brasília, sobre “Jornalismo e mídia pública, comunitária e digital”. O evento será realizado a partir das 19 horas no auditório da Somese, atrás do hospital São Lucas. Jornalistas, estudantes, professores, militantes dos movimentos sindical e social estão convidados.

Paulo Miranda é jornalista desde 1983. Trabalhou na TV Brasília, Correio Braziliense, EBN – Empresa Brasileira de Notícias, O Estado de S. Paulo, Agência Brasil Radiobrás, Jornal de Brasília, Telesur e em vários sindicatos. Foi assessor parlamentar de vários petistas na Câmara Legistiva do DF, onde coordenou a Comissão de Direitos Humanos.

Desde 1986, está envolvido com a democratização da comunicação, quando criou pequena fábrica de transmissor de baixa potência de rádios livres. A partir de 1995, abandonou o setor de rádio e passou a trabalhar para ocupar os canais comunitários destinados às organizações não governamentais sem fins lucrativos.

Em 13 de agosto de 1997, funda a TV Comunitária de Brasília, hoje TV Cidade Livre, e lança a cartilha “Rede Nacional de Canais Comunitários na TV a Cabo”. Paulo Miranda está envolvido também desde o início com a Telesur.

 Ele foi palestrante no segundo Festival Internacional de Radiopasionados y Televisionarios, em 1998, em Bogotá; do congresso da Alliance for Community Media de 1999; conheceu os meios de comunicação do Canadá e da Venezuela. Atualmente trabalha para criar a TV Minga. É secretário geral do Sindicato dos Jornalistas do DF e membro da comissão de configuração jurídica do primeiro Fórum Nacional de Emissoras Públicas, a ser realizado em fevereiro de 2007.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais