Constrangimento: PMs são expulsos da academia

0

Comandante reconhece atraso no repasse mas garante que o problema será solucionado
A Associação Beneficente dos Servidores Militares do Estado de Sergipe (Absmse), divulgou nota em que considera uma vergonha para a Segurança Pública do Estado o fato de quatro militares terem sido convidados a deixarem a sala de aula por falta de pagamento de uma taxa escolar que não foi repassada a Polícia Militar de Alagoas.

Segundo a Absmse os capitães da PM de Sergipe, incluindo o capitão Vitor Morães, estão em Alagoas realizando um curso de oficial militar desde 10 de maio desse ano, com previsão de conclusão para dezembro. O problema é que a taxa escolar no valor de R$1500 por aluno não foi repassada para a Academia da Polícia Militar de Alagoas.

“Nós recebemos um pedido de socorro através de um email de um dos nossos associados pedindo um empréstimo para que esse valor fosse pago, os oficiais temem perder o curso por falta desse pagamento”, diz o gestor da Absmse, sargento Edgar Menezes.

Edgar conta que os gestores da Absmse ligaram para os militares, mas recebeu a informação que em virtude do não poderem assistir às aulas estariam retornando para a capital sergipana. “Considero uma desmoralização para o Estado, onde capitães são convidados a sair da sala de aula. O comando já deveria ter tomado alguma providência”, lamenta o gestor.

“O que quero dizer é que o que está em jogo é uma formação de oficiais que vão trabalhar nas ruas. Sem esse curso eles não podem ser tenentes coronéis e nem chegar a major. Infelizmente esses oficiais estão abandonados em Alagoas”, ressalta.

Comando

O comandante da Polícia Militar de Sergipe coronel Carlos Pedroso afirmou que está mantendo contato com o comandante da Polícia Militar de Alagoas para resolver a questão. Segundo o comandante toda a documentação para o pagamento da taxa escolar foi encaminhada para a procuradoria que já autorizou o pagamento.

De acordo com Pedroso a Polícia Militar está aguardando que a Secretária da Fazenda autorize esse pagamento para que o pagamento seja repassado. “A documentação já está nas mãos deles e a expectativa é que seja analisada amanhã [5] e o repasse seja feito logo em seguida”, salientou.

Por Kátia Susanna

Comentários