Consumidores seguem tradição

0

Preço do camarão não assusta consumidores
Peixe, frutos do mar e ovos de páscoa já fazem parte da listas de compras de diversos sergipanos durante a Semana Santa. Nessa época os consumidores ficam divididos entre seguir a tradição e economizar no bolso.

Nesse período a procura tem aumentado consideravelmente, segundo Zenaide de Morais, vendedora de camarão. “Esse ano graças a Deus está melhor que o ano passado e esperamos que melhore ainda mais”, comentou.

Camarão

Mesmo com preços variando entre R$ 15 a R$ 40 por quilo, o camarão tem sido um dos produtos bastante procurado. “As pessoas já gostam de camarão, ainda mais nessa época, então o povo não olha muito para o preço”, explicou Zenaide.

Baianos conhecem as atrações dos mercados
Para o casal de baianos que escolheu passar a semana santa na capital sergipana, o preço é o que menos importa. “Nessa época nós nos damos o luxo de não olhar para o preço, o importante é seguir a tradição”, comentou Rivaldo Barbosa.

Já a esposa de Rivaldo, Bárbara Melazzi ressaltou que não achou os preços tão altos. “Somos de Salvador e lá está sem sobra de dúvidas, muito mais caro, então tudo se encaixou bem”, comentou.

Bárbara também ressaltou que vale a pena pagar um pouco mais caro por peixes frescos. “Preferimos comprar aqui a comprar no supermercado, pois são mais saudáveis, por isso o preço justifica”, explicou a baiana.

Preço X Tradição

Casal lembra do sacrifício
Já o casal sergipano, Artur Silva e Tânia Silva, que também querem seguir a tradição, os valores dos peixes não atraem. “Nós vamos comprar porque queremos seguir essa tradição de uma vida toda, mas vamos pesquisar primeiro, porque ta caro”, comentou Artur.

Tânia ressaltou que no período em que se celebra a morte e a ressurreição de cristo, qualquer sacrifício vale a pena. “Pode ser mais caro, mas é um sacrifício que fazemos para seguir nossa religião”, pontuou Tânia.

Ovos de chocolate

 

Outro produto bastante procurado é o tradicional ovo de chocolate, símbolo da páscoa. De acordo

Promotora de ovos de chocolate
com Edna dos Santos, 26 anos, representantes de uma marca de ovos de páscoa, a procura tem sido grande. “Essa semana as vendas melhoraram em 70%, muita gente compra mesmo”, comentou.

Edna também ressaltou que a variedade de chocolates é muito grande e que é possível encontrar um que agrade e se adéqüe ao bolso do consumidor. “ Temos tamanhos e preços diversos. Para quem não quer deixar de presentear e está sem dinheiro, pode optar por ovinho menores”, explicou

Produto que teve uma queda considerável em relação ao ano passado foi o bacalhau, segundo o vendedor Fernando Medeiros. “O bacalhau não está tão procurado, hoje as pessoas querem peixes mais baratos. Mesmo em supermercados a venda caiu”, pontuou o vendedor.

Renascimento

Fernando Siqueira:”Economia na hora da compra”
O Publicitário Fernando Siqueira,39 anos, pontuou que se o consumidor tiver paciência poderá economizar na hora da compra. “ Se a gente pesquisar direitinho, da para comprar todos os produtos que são tradição nessa Semana Santa, por um preço
Legenda
mais em conta”, explicou.

O publicitário também ressaltou que a Semana Santa é época de reflexão e renascimento. “ Temos que seguir a tradição, mas não esquecer que esse é um momento de renascer, fazer uma avaliação dos nossos atos buscando serenidade para continuar seguindo. Essa é uma época de mudança espiritual”, finalizou Fernando.

Comentários